Presidenciáveis participam do Congresso de Prefeitos de SC nesta quarta-feira

Os oito presidenciáveis que confirmaram presença no Congresso de Prefeitos da Federação Catarinense de Municípios (Fecam) falam a partir das 8h30min desta quarta-feira no evento no Centrosul, em Florianópolis.

O primeiro a falar será Geraldo Alckmin (PSDB), seguido por João Amoêdo (Novo), leitura de carta de representante do PT, Aldo Rebelo (Solidariedade), João Goulart Filho (PPL), Flávio Rocha (PRB), Álvaro Dias (Pode), Henrique Meirelles (MDB) e Ciro Gomes (PDT). Cada um deles terá 30 minutos para uma exposição aos participantes do evento — exceto o representante do PT, que terá 15 minutos —, e não haverá espaço para perguntas ou debate entre eles.

Os presidenciáveis receberam uma pauta comum para falar aos prefeitos catarinenses e cerca de 1,5 mil participantes previstos pela organização. Nela, estão temas caros aos gestores municipais, como o pacto federativo e uma reforma tributária com redistribuição de recursos, responsabilidades e encargos. Outra preocupação dos prefeitos que vai para o debate é a necessidade de ampliar as estruturas de saúde e educação e a consequente dificuldade de manter desses equipamentos. Causas e efeitos da greve dos caminhoneiros também devem entrar no cardápio da meia-hora a que cada presidenciável têm direito.

O Congresso

O Congresso de Prefeitos da Federação Catarinense de Municípios (Fecam) deve reunir mais de 1,5 mil lideranças catarinenses em uma programação que começa hoje e termina quinta-feira, no Centrosul, em Florianópolis. Em atividade estarão prefeitos, vice-prefeitos, secretários e gerentes municipais, autoridades federais e estaduais, além de servidores públicos de diversas áreas estratégicas, participando de debates e conhecendo produtos, serviços e ações que fazem a diferença nas administrações públicas municipais.

 

Autor Texto: Diário Catarinense

Outras Notícias

PUBLICIDADE