Eduardo Pinho Moreira toma posse definitiva como governador de SC

Eduardo Pinho Moreira toma posse definitiva como governador de SC

Foto: Betina Humeres / Diário Catarinense

 

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) deu posse definitiva a Eduardo Pinho Moreira (PMDB) como governador do Estado às 10h45min desta sexta-feira, em sessão solene no plenário da Casa. A cerimônia ocorre após a renúncia de Raimundo Colombo (PSD) para disputar as eleições de outubro e o mandato de Pinho Moreira termina em 31 de dezembro de 2018.

O ato de posse começou pontualmente às 10h30min e foi rápido. Após o presidente da Assembleia, deputado Aldo Schneider (PMDB), abrir a sessão, foi lida a carta de renúncia de Colombo, declarado vago o cargo de governador e, em seguida, lido o termo de posse de Pinho Moreira. O peemedebista fez o juramento e na sequência discursou por cerca de 15 minutos.

Na fala, lembrou de sua origem no Sul do Estado (nasceu em Laguna e fez carreira política em Criciúma), citou a importância de Luiz Henrique da Silveira e Ulysses Guimarães, duas figuras históricas do PMDB e destacou ações em saúde e segurança desde que assumiu o governo em fevereiro, com a licença de Colombo.

Também comentou as dificuldades que enfrentará com o gasto da máquina pública, prometendo austeridade, e informou que o Fundam II foi negado pelo BNDES e que decidiu manter a Secretaria de Turismo ativa. Inicialmente a pasta seria extinta, mas Pinho disse que mudou de ideia diante da relevância da área para o Estado, reforçada em pesquisas recentes, e da iminência do catarinense Vinicius Lummertz ser nomeado ministro do Turismo.

Além dos deputados estaduais, a cerimônia foi prestigiada pelos deputados federais do PMDB Mauro Mariani, Celso Maldaner, Valdir Colatto e Rogério Peninha Mendonça, pelos ex-governadores peemedebistas Paulo Afonso Vieira e Casildo Maldaner, pela viúva do ex-governador Luiz Henrique, Ivete Appel da Silveira, pelo prefeito de Florianópolis Gean Loureiro (PMDB) e pelo senador Dário Berger (PMDB).

Com a posse de Pinho Moreira, o agora ex-governador Raimundo Colombo deixa oficialmente de contar com todo o aparato que cerca o cargo, como veículo oficial.

Na manhã deste sábado, em Lages, ocorre um evento para celebrar os sete anos de Colombo no governo. Eduardo Pinho Moreira deve participar e fazer um breve discurso no início do ato.

 

Por Victor Pereira

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE