Pavan permanece estável em UTI, afirma assessoria

Pavan permanece estável em UTI, afirma assessoria

Leonel Pavan (Foto: Alvarelio Kurossu, Arquivo NSC)

 

O deputado e ex-governador Leonel Pavan (PSDB) permanece estável na UTI do Hospital da Unimed, em Balneário Camboriú, segundo informou sua assessoria na manhã nesta terça-feira. Pavan sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico por volta das 10h de segunda-feira, e desde então está internado em estado grave.

A equipe médica que acompanha o deputado informou que a primeira noite dele na UTI não teve intercorrências, o que é considerado um bom sinal. Pavan está em coma induzido e respira com a ajuda de aparelhos.

O médico Sergio Malburg, que acompanha o caso, diz que a sedação e a respiração mecânica fazem parte do tratamento.

_ Não que ele precise da máquina para respirar, mas é um conforto a mais para que o edema diminua da melhor forma possível nas primeiras horas — afirmou.

Ainda nesta terça o deputado será submetido a um segundo cateterismo cerebral, um exame feito com contraste, que indica problemas nos vasos sanguíneos. Ele já passou pelo mesmo exame na segunda-feira.

A principal preocupação dos médicos é com o edema, o inchaço causado pela hemorragia do AVC. A evolução do edema é que irá indicar o tempo de sedação, e o período de internação do deputado, que costuma ser longo para casos como o dele. Por enquanto, não há indicativo de eventuais sequelas.

Pavan foi prefeito de Balneário Camboriú por três mandatos, deputado federal em 1994, e em 2002 elegeu-se senador. Em 2006 foi eleito vice-governador de Santa Catarina ao lado de Luiz Henrique da Silveira (PMDB) _ assumiu o Governo do Estado em 2010. Após as eleições de 2014, assumiu vaga na Assembleia Legislativa. Nos últimos anos, ocupou o cargo de secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte no governo Raimundo Colombo (PSDB).

 

Por Dagmara Spautz

NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE