Mensagem mostra empresa 'pressionando' caminhoneiro a acelerar na BR-101

Motorista foi abordado pela PRF por alta velocidade em Biguaçu.

Mensagem mostra empresa 'pressionando' caminhoneiro a acelerar na BR-101

Caminhoneiro mostrou à PRF mensagem de gestor para que chegasse rápido ao destino (PRF/Divulgação)

Um caminhão foi abordado na BR-101 em Biguaçu, na Grande Florianópolis, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) após a denúncia de que o veículo estava em alta velocidade. O tacógrafo do caminhão indicou que o condutor chegou a dirigir a 120 km/h, segundo os policiais, em trechos movimentados da rodovia durante o fim de semana de Páscoa.

O veículo, de Imbituba, no Sul catarinense, era conduzido por um jovem de 26 anos que alegou pressão do gestor da empresa em que trabalha para que chegasse ao destino com rapidez. O motorista mostrou aos policiais mensagens de WhatsApp em que se lia: “acelera aí”, "não fica parando" e “tens que tá aqui antes das 6h”.

O caminhão carregado com tripas de porco ficou retido em um pátio conveniado da PRF em função de equipamentos em desacordo com a legislação. A empresa proprietária do veículo recebeu uma multa de R$ 130.

Segundo a PRF, não houve penalidades pelo excesso de velocidade, pois os policiais são impedidos de multar baseados em informações de tacógrafo. O rapaz foi orientado pelos agentes a buscar ajuda de órgãos trabalhistas com relação à pressão sofrida pelos superiores.

Campanha nacional

Em 12 de abril, auditores fiscais do trabalho flagraram motoristas em excesso de jornada na BR-101 em Santa Catarina. O Ministério do Trabalho não informou em qual cidade foi realizada a inspeção que integra a Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Canpat 2017).

Os auditores encontraram diversas irregularidades, como um motorista que estava trabalhando há 14 horas ininterruptas. Conforme o Ministério, o setor de transportes terrestres ocupa o primeiro lugar em acidentes de trabalho com morte e o segundo lugar em incapacidades permanentes.

Além da fiscalização na rodovia, os motoristas receberam informações técnicas sobre segurança e saúde no trabalho.

Por G1SC

Outras Notícias

PUBLICIDADE