Esposa que mantinha idoso preso em casa vai responder por cárcere privado em Tubarão

Esposa que mantinha idoso preso em casa vai responder por cárcere privado em Tubarão

Foto: Polícia Militar / Divulgação / Divulgação

 

A mulher de 66 anos, que mantinha o companheiro trancado em casa há pelo menos dois meses em Tubarão, vai responder por cárcere privado. O casal morava no bairro Morrotes, e o idoso de 78 anos foi liberado na manhã deste domingo, depois que a Polícia Militar foi acionada por um filho dele. Segundo a ocorrência, há dias ele tentava contato com o pai, mas a mulher impedia o convívio. 

Quando a PM chegou, conseguiu falar com o idoso pela janela, pois a porta estava trancada. Ao ser resgatado, ele disse que não se alimentava direito, a não ser quando o vizinho alcançava algo pela janela, e que a companheira não o deixava sair nem para buscar a aposentadoria. Ele prestou depoimento e foi para Laguna, viver com um dos filhos.

Na delegacia, a mulher demonstrou confusão ao relatar os fatos, o que chamou a atenção da delegada Jucinês Ferreira. Ela foi ouvida mas não foi lavrado o flagrante, pois na avaliação da delegada, não havia proporcionalidade para encaminhá-la ao presídio. O inquérito foi instaurado e ela vai responder por cárcere privado. A delegada também vai solicitar uma avaliação psicológica da mulher.

Segundo o relatório da PM, a casa apresentava más condições de higiene, e a própria vítima relatou aos policiais que a companheira apresentava problemas psíquicos. Também foi encontrada uma bolsa com pouco mais de R$ 6 mil guardados, porém o dinheiro não  foi apreendido pela Polícia Civil pois não tem relação direta com o crime investigado.

 

Por Lariane Cagnini

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE