Craques da bola e famosos fazem partida beneficente em Itajaí

Craques da bola e famosos fazem partida beneficente em Itajaí

Times de Falcão (azul) e Rafinha (branco) se enfrentaram na partida (Foto:Lucas Correia/Agência RBS)

Craques do futebol e famosos se reuniram nesta segunda-feira para uma partida beneficente em Itajaí. A 11ª edição do Jogo das Estrelas reuniu os times de Rafinha, jogador do Bayern de Munique, e de Falcão, estrela do futsal brasileiro, em uma noite chuvosa e com muita lama no gramado do Estádio Dr. Hercílio Luz. Mesmo com tempo ruim a torcida compareceu e vibrou com os poucos lances bonitos do jogo.

A partida vai destinar os alimentos arrecadados com o público — de aproximadamente 4,5 mil pessoas — para quatro instituições: Associação das Famílias Portadoras de Hanseníase (sede Itajaí), Projeto Brasil Esperança (Itajaí), Fundação Amor próprio (Brusque) e o Centro de pesquisa e desenvolvimento da educação condutiva Pássaros de Luz (Itajaí). No ano passado, foram doados cinco toneladas para as entidades.

— Tenho maior carinho por Santa Catarina, um estado em que morei por oito anos. Pena que a chuva não ajudou, mas sempre é bom fazer esse tipo de evento e poder trazer personalidades do mundo artístico e do futebol para perto de um público que, muitas vezes, não tem tanto esse contato. Pra gente é um prazer vir aqui se divertir e poder ajudar também — afirma o jogador Falcão.

Nos bastidores, o público estava mais interessado em ver as estrelas que participaram da partida do que o jogo: Falcão chegou de helicóptero no estádio e arrancou gritos da torcida. José Aldo, Denílson, André Santos, Carlinhos Mendigo, Elinton, Felipe e Márcio Santos também empolgaram a torcida e quem estava no campo aproveitou para tirar selfies e pegar um autógrafo.

— Para mim é sempre um prazer voltar a Itajaí e receber esse povo alegre, contagiante, que sempre vem fazer uma grande festa, independente do tempo. Isso pra nós é de suma importância porque é sempre bom você estar jogando futebol por uma boa causa, que é ajudar o próximo — comentou o ex-jogador do Corinthians e Seleção Brasileira, André Santos.

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE