Abertura da Olesc destaca a força de Jaraguá do Sul e do esporte

Abertura da Olesc destaca a força de Jaraguá do Sul e do esporte

Foto: Fesporte

Uma Jaraguá do Sul gigante e o coração pulsando forte pelo esporte foram os temas que dominaram e emocionaram a plateia na abertura da 15ª edição dos Jogos da Juventude (Olesc), na noite deste sábado, 28, em Jaraguá do Sul. A cerimônia durou cerca de 90 minutos e começou com o desfile dos atletas dos 75 municípios participantes. Cada delegação entrou na quadra carregando um coração enorme, identificando o município.

Simultaneamente, eram ressaltadas as forças de Jaraguá do Sul nas diversas áreas, incluindo economia, educação, esporte, turismo, cultura, qualidade de vida e belezas naturais, entre outros aspectos. No final, os atletas de todas as delegações se posicionaram no centro da quadra e formaram um grande coração. O público se levantou e aplaudiu. Na sequência, as bandeiras foram conduzidas pelos policiais do 14º Batalha da Polícia Militar de Jaraguá do Sul, e a orquestra do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), da cidade sede, regida pela maestrina Denise Coral, executou o Hino Nacional Brasileiro.

Uma das surpresas foi a entrega de uma placa ao presidente da Comissão Central Organizadora (CCO) e secretário de Esporte e Turismo de Jaraguá do Sul, Jean Carlo Leutpretch, pela atleta Maria Eduarda Rosa da Silveira, da equipe de natação da cidade anfitriã, pela sua coragem e determinação para fazer de Jaraguá do Sul a sede da edição 2015 da Olesc. “Foi a união de todos que possibilitou a realização deste evento. Eu só tenho a agradecer pela confiança e envolvimento de vocês”, afirmou, em seu pronunciamento.

Já o presidente da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Osvaldo Juncklaus, destacou que atletas de 221 municípios participaram da Olesc entre as fases microrregionais, regionais e estadual. “O nosso governo está dando acesso à prática esportiva, com o investimento de mais de R$ 1 milhão entre as três fases. Isso, e a esperança de que todos possam voltar para casa com saúde, ao final da competição, são aspectos mais importante do que ganhar troféus e medalhas”, comparou.

Já o prefeito Dieter Janssen agradeceu ao Governo do Estado por ter confiado a Jaraguá do Sul a organização do evento. “Nós não podíamos deixar de fazer este evento, pois incentivar o esporte é fundamental para ter sempre uma população com muita saúde e que valorize a cidadania.” Ao falar em nome do governador do Estado, Raimundo Colombo, o secretário do Desenvolvimento Regional de Santa Catarina, Leonel Pradi Floriani, reforçou a importância dos jogos. “O esporte representa uma rede de progressão da juventude como um todo. É um elemento fundamental na formação e no exercício da cidadania. A gente foi muito feliz em promover esse abraço a todas as delegações, simbolizado pelos corações”, reforçou.

Depois dos pronunciamentos, quatro técnicos foram convidados para conduzirem a tocha olímpica, juntamente com o atleta Júlia Zandonai Schmauch, da equipe de basquete de Jaraguá do Sul, campeã brasileira sub-13, vice-campeã brasileira de seleções, em 2015; e vice-campeã da Copa América sub-16, resultado que garantiu vaga para o Mundial sub-17 em 2016.

Esse seleto grupo foi formado por Luiz Carlos Rodrigue da Silva (Kadylac), da equipe masculina de vôlei, campeão da Olesc em 2012, tricampeão dos Joguinhos Abertos e auxiliar técnico da seleção brasileira sub-19 desde 2013; Júlio César Patrício, técnico da equipe feminina de basquete, pentacampeão da Olesc, tetracampeão dos Joguinhos Abertos, e que estará na comissão técnica da Seleção Brasileira na Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016, como assistente técnico; Ronaldo Fructuozo (Kiko), técnico de natação, hexacampeão feminino na Olesc, tetracampeão feminino nos Joguinhos Aberto e sete vezes técnico da seleção catarinense nos JEBS; e Augustinho Ferrari, pentacampeão da Olesc, eneacampeão nos Joguinhos Abertos e campeão dos Jogos Abertos de Santa Catarina, em 2011.

O juramento do atleta foi feito por Felipe Alves, da modalidade de futsal, de Jaraguá do Sul, campeão da Olesc em 2014, e campeão do regional dos Jesc, 15 a 17 anos, em 2015. Na sequência, o presidente da Fesporte entregou um troféu de Honra ao Mérito ao prefeito de Jaraguá do Sul, e outro ao presidente da CCO, em reconhecimento ao trabalho e ao envolvimento para organizar a Olesc 2015. A solenidade teve a participação de mais de 180 pessoas, a maioria alunos da rede pública.

É a segunda vez que Jaraguá do Sul é a cidade anfitriã dos Jogos da Juventude – a primeira foi em 2006. Mais de três mil atletas disputarão 14 modalidades e 27 troféus. Criciúma, sede do ano passado, é a atual campeã dos Jogos da Juventude.

Depois que o secretário de Desenvolvimento Regional declarou aberta a 15ª edição da Olesc, o público acompanhou uma apresentação cultural da escola municipal Ribeirão Molha. Agora, todas as atenções se voltam para as disputas, que começam neste domingo e vão até o próximo dia 5.

Texto: Geraldo De Cesaro?
Assessoria de Comunicação
Fesporte

Outras Notícias

PUBLICIDADE