Policiais e bombeiros prestam homenagens ao PM morto em Guabiruba

Cabo Everaldo Soares de Campos foi sepultado em Ituporanga nesta terça.

Policiais e bombeiros prestam homenagens ao PM morto em Guabiruba

Foto: Giovanni Silva / Divulgação

 

Policiais militares e civis, bombeiros e outros agentes da segurança pública prestaram homenagens em várias cidades do Vale do Itajaí nesta terça-feira ao cabo Everaldo Soares de Campos, assassinado em frente a uma agência bancária em Guabiruba na segunda-feira de manhã. Na PM desde 1998, Campos morreu após levar sete tiros.

As principais homenagens ocorreram em Brusque e Guabiruba, cidades onde o policial atuava desde o começo da carreira na corporação. Em Ituporanga, cidade natal e para onde o corpo foi levado nesta terça para sepultamento, a PM local também prestou homenagens ao conterrâneo.

O enterro, no cemitério da igreja da comunidade do Cerro Negro, reuniu companheiros de farda de toda a região. O comandante da  7ª Região da Polícia Militar, coronel Carlos Alberto Fritz Bueno, também esteve presente.

Polícia Civil segue investigando o caso

O assassinato do cabo Everaldo segue sendo tratado pela Polícia Civil de Brusque, que investiga o caso, como um latrocínio (roubo seguido de morte). O PM estava de folga e carregava um malote quando foi abordado na frente da agência.

Responsável pelo caso, o delegado Alex Bonfim Reis foi procurado pela reportagem do Santa, mas disse que não pode passar detalhes do andamento da investigação para não comprometê-la.

 

Por Jornal de Santa Catarina 

Outras Notícias

PUBLICIDADE